Notícias

Pela primeira vez, buscas móveis ultrapassam desktop

09/10/2015

Pela primeira vez, buscas móveis ultrapassam desktop

Em um indicador de que os smartphones estão se tornando uma plataforma superior dos consumidores quando se trata de atividades diárias, o Google anunciou que mais de suas pesquisas ocorrem em dispositivos móveis do que em computadores. O relatório do Google vem aliado às novas exigência da empresa, em que os sites devam oferecer versões móveis amigáveis para seus usuários. Em 21 de abril, o Google instituiu mudanças em seu algoritmo de busca que dão maior visibilidade a esses sites que funcionam bem em dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

O Google compete cada vez mais com o Facebook e Apple para navegadores móveis. A empresa que dominou a publicidade no desktop tem lutado para rentabilizar no mobile. A mudança para móvel sugere que o Google está se adaptando ao novo cenário digital. Ao projetar a pesquisa para celular, a empresa pensa em como você quer diferentes opções de busca, dependendo da sua configuração e seu dispositivo.

Uma maneira de o Google tentar melhorar a pesquisa em mobile é por meio do Google Now, seu assistente pessoal. Mas o Google agora enfrenta ainda a concorrência, como os assistentes de reconhecimento de voz artificialmente inteligentes, como Siri da Apple e da Microsoft Cortana.

Esse anúncio vem um dia depois que a empresa revelou sua acelerada na Accelerated Mobile Pages (AMP). Como o próprio nome sugere, o projeto tem como objetivo ajudar a carregar páginas mais rapidamente. Muitos veem o produto como um concorrente dos artigos instantâneos do Facebook, mas o Google diz que não se limita a publicações de notícias. A intenção é melhorar o desempenho na navegação na internet móvel aberta, permitindo que as páginas abriguem formatos diversos de conteúdo, como vídeo, animações e gráficos, funcionando em conjunto com anúncios inteligentes, que carreguem instantaneamente.

E você, já adaptou o seu negócio ao mobile?

Fonte: mirago




<< Voltar